Pages

Subscribe Twitter

domingo, 15 de dezembro de 2013

I Love Waffles

Gente... nesse fim de semana fui "iniciada" na deliciosa arte de fazer Waffles! E, como não podia ser diferente, aqui estou para compartilhar com vocês esta receita maravilhosa, criada pela vó de uma grande amiga @michele.r.martins, que me passou todos os detalhes.

Além dos ingredientes, também é necessário ter a panelinha ou máquina de fazer waffles. Eu já tinha uma máquina em casa há mais de cinco anos - presente de uma outra amiga @laurita.licerre. Porém, a coitadinha estava encostada por ser de outra voltagem e eu ainda não ter comprado o transformador correto para ela.

Mas hoje, a folga da máquina acabou e, pela empolgação do meu maridão com os waffles, ela terá que trabalhar MUITO neste verão! Aliás, estes waffles da foto contaram totalmente com a colaboração dele, que mexeu a massa quando o meu braço na aguentava mais. E a parte de colocar para assar foi disputada... estava BEM divertido!

INGREDIENTES:

  • 500 g de açúcar
  • 250 g de margarina ou manteiga
  • 8 ovos
  • 100 g de coco ralado
  • 500 g de trigo
  • 2 colheres (sopa) de fermento em pó

MODO DE FAZER:

  • Bata tudo no liquidificar ou batedeira (ou misture à mão, caso o liquidificador não dê conta). A orientação da minha amiga é ir acrescentando os ingredientes conforme a ordem acima.
  • Ligue a máquina para ir aquecendo.
  • Unte a máquina com margarina (você pode usar um pincel daqueles de silicone para uso culinário ou improvisar com um guardanapo. Porém, com o guardanapo tem que tomar cuidado para não queimar os dedos e desperdiça margarina).
  • Coloque uma porção da massa no centro da máquina. Quando a máquina for fechada, a massa irá espalhar. Cuidado para não colocar muita massa, para não transbordar. Os primeiros podem sair meio defeituosos, mas conforme a gente vai fazendo, vai pegando o jeito e descobrindo a quantidade exata. 
  • O tempo eu não sei dizer ao certo, mas é só ir olhando. Tem que desgrudar e esperar dourar.
  • Daí, é só esperar e deixar a mágica acontecer ;)

Eles ficam DELICIOSOS na hora, quentinhos! Mas continuam tão deliciosos no dia seguinte também! Dá para comê-los purinhos, com geleia, com requeijão... Uma boa pedida é usar a geleia de pimenta ou, como já comi uma vez na Rosted Potato, com requeijão e geleia. Acho que também deve ficar muito bom com sorvete e caldas.

Ah! A receita completa deve render uns 14 waffles. Aqui em casa, nós fizemos apenas a metade, e foram quase sete... uns 6,5 pra ser mais exata. Na foto, já havíamos devorado os demais :)

Vale MUITO a pena! Feliz Natal com waffles pra todos!

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Pão de Banana

Quando me perguntam qual é a minha fruta favorita, já tenho a resposta na ponta da língua: BANANA! Sem sombra de dúvida! E se tem outra coisa que eu gosto é de PÃO... Imagine então um Pão de Banana!!?!!

Quase surtei quando vi a receitinha desse pão no Facebook de uma amiga @dannyreis... PRECISAVA fazer esse pãozinho de qualquer jeito. Para melhorar ainda mais, ganhei uma penca de bananas orgânicas da minha sogrinha :)

Ou seja, tinha tudo pra dar certo! Mas, chega de conversa e vamos a receita!

INGREDIENTES:
3 bananas grandes amassadas
1 xícara de açúcar - melhor se for mascavo, mas com branco também dá (eu usei o mascavo)
1 ovo (segundo a minha amiga, dá pra substituir por 2 colheres de linhaça amolecidas alguns minutos na água até ficar uma gosma)
1 1/2 xícara de trigo (pode ser integral)
1/4 xícara de manteiga amolecida
1 colher de chá de sal
1 colher de chá de bicarbonato
Passas, ameixa picada, gotas de chocolate, nozes picadas, ou qualquer outra coisa que você gostar (Minha amiga usou blueberry e ficou divino. Eu usei 100 g de cranberry e umas seis metades de nozes picadas e também ficou demais!)

MODO DE FAZER:
Misturar tudo numa bacia e assar numa forma de bolo inglês por 1 hora a 180 graus. (A massa crua fica com a consistência um pouco mais grossa do que a de um bolo).

Viram só que fácil?! E fica uma DELÍCIA! Até meu maridão que não gosta muito de banana AMOU! Ficou saboroso e extremamente macio :)

Bolas de Natal

 Gente... uma das coisas que me fascina nesta minha profissão é a oportunidade de aprender um pouquinho de cada coisa. Atualmente, por exemplo, sou uma "expert" superficial em Trânsito e Mobilidade, Indústria Gráfica, Sindicatos, Odontologia e Artesanato. Vejam só que coisa boa!

E, no último mês de novembro, tive a oportunidade de fazer algumas matérias de passo-a-passo para o jornal do Floripa Quilt - um evento super legal de Patchwork e artesanatos em geral, que acontece aqui em Florianópolis.

Como não tenho nenhuma habilidade com máquinas de costura, linhas e agulhas, fiquei feliz da vida quando entrevistei, fotografei e editei um passo-a-passo, que não precisa destas habilidades: Bolas de Natal lindíssimas presas somente por alfinetes, criadas pela professora Cleuza Brunetti.

Fiquei TÃO empolgada que já fui direto na loja da filha da professora do passo-a-passo para comprar os materiais. Pensa numa pessoa animada... essa era eu chegando em casa com aquele monte de fitas, miçangas e alfinetes!

O resultado ficou bem legal! Por isso, vou compartilhar com você aqui no Blog. Sei que está meio em cima da hora, mas ainda dá tempo de fazer algumas para enfeitar a noite de Natal ou presentear alguém.

MATERIAIS:
  • Bolas de isopor de 100 mm ou 10 cm (como o atendente da loja preferir). Tb pode ser com aquelas de 75 mm (Mas eu achei mais fácil com as maiores). 
  • Fitas de várias larguras e estampas natalinas; fitas voal; gregas; passamanarias; sianinhas douradas ou coloridas; passa-fitas; lantejoulas douradas, verdes e vermelhas; miçangas douradas, verdes e vermelhas; alfinetes (não podem ser muito grossos para passarem nas miçangas e nem muito finos que não segurem as miçangas :S Eu usei o nº 19 para prender as fitas e o nº 24 para prender as lantejoulas e bolinhas porque com o 19, as bolinhas estavam escapando... acredito que daria para fazer tudo com o nº 24).
  • Cola quente somente para colar o laço e a alça para pendurar a bola, pingando apenas sobre as fitas, não na bola de isopor, senão derrete. (Se bem que eu não usei cola quente... usei uma outra cola fria e, em algumas, eu nem usei cola, fixando somente com os alfinetes).
MODO DE FAZER:
  • Corte a fita mais larga escolhida e a posicione de forma que ela abrace a bola e fixe-a com os alfinetes. Da mesma forma, coloque a segunda fita, deixando-a bem fixa com os alfinetes. Se a fita for muito larga, será necessário fazer pequenas penses, prendendo-as também com alfinetes (foto da esquerda abaixo). Se você optar em fazer com as bolas menores (75 mm) não use fitas muito largas, pois vai ser muito difícil fazê-la "abraçar" a bola. Outra coisa, algumas fitas possuem arames na borda. Se tiver arame, tire.
  • Nos quatro espaços em formato de gomo, repita o mesmo processo com fitas mais estreitas e, após, adorne as laterais com enfeites e detalhes até preencher todos os espaços (foto da direita acima).
  • Coloque as miçangas, as lantejoulas nos alfinetes e decore toda a bola a gosto, preenchendo todos os espaços.
  • Faça um laço bem bonito e cole sobre as emendas das fitas e também a alça para pendurar.
Pessoal... faz uma baguncinha e dá um trabalhinho, mas vale a pena o esforço!

Por enquanto, só consegui concluir quatro bolas, que usei para o centro de mesa... ficou lindo! Como a minha árvore é muito pequena e não comporta o tamanho das bolas, estou pensando em concluir as demais para fazer um arranjo para a porta de entrada e presentear algumas amigas, embalando uma bola exclusiva em uma caixinha daquelas transparentes, com um laço bem bonito. Acho que vai ficar show!

Quem tiver alguma dúvida, é só perguntar aqui nos comentários e, se eu souber a resposta, eu digo ;) O negócio é colocar a mão na massa e, com a prática, tudo vai ficando mais fácil.

Loja onde comprei os materiais: Gata Bordadeira (Estreito, Florianópolis/SC)

PS.: Se você tem mais dons artesanais do que eu, confira esta edição do Floripa Quilt Informa e divirta-se com os outros passo-a-passos ;)