Pages

Subscribe Twitter

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Ricota de Soja

Oi gente!

Um dos posts de maior sucesso aqui do Blog é aquele do Patê de Soja com Palitos Crocantes e sabem o que eu percebi hoje?! Eu esqueci de dar uma dica bem legal que é a de fazer a Ricota de Soja, que é bem tranquila de fazer!

Com esta ricotinha você pode fazer outras receitas deliciosas como patês variados, recheios de esfirra (meu favorito) e até utilizá-lao na preparação de saladas. Uma opção deliciosa, saudável e super necessária para os nossos amigos que têm intolerância ou alergia a lactose.

1º Passo: Fazer o leite de soja. (A receita é a mesma do patê)
- Deixar de molho 1 xícara de soja com duas xícaras de água (geralmente, a gente deixa a noite toda e faz o leite de manhã, mas o negócio é que a soja tem q inchar bem. Ela deixa de ser redondinha e fica compridinha igual a um feijão);
- Descartar a água na qual a soja ficou de molho;
- Agora, com a soja inchada, teremos 2 xícaras de soja;
- Bater no liquidificador 1 xícara de soja e duas de água. (O restante da soja vc pode cozinhar inteira pra fazer salada ou pode aproveitar tudo para fazer o leite. Se for aproveitar tudo, então, serão duas xícaras de soja e quatro de água);
- Coar em peneira fina e grande (pq sobra muito "bagaço");
- Ferver o leite por cerca de 10 minutos (com atenção pq ele sobe igual leite. Eu costumo tirar um pouco da espuma com uma espumadeira e vou mexendo e cuidando o tempo todo até ferver o tempo necessário);

Se você quiser usar parte do leite de soja para fazer o patê, agora é a agora de reservar. Ou se você quiser fazer tudo de ricota, é só deixar tudo na panela.

2º Passo: Fazer a Ricota.
Com o leite que acabou de ferver ainda na panela e com o fogo ligado, é hora de ver a mágica acontecer.
- Com o fogo baixo, você acrescenta no seu leite de soja o suco de um limão. Em poucos segundos, você vai observar a ricota de formando e uma água sobrando.
- É nessa hora que você deve desligar o fogo e coar sua ricota, para sair toda a água que sobra.
- Depois de coada, é só levar a sua ricota de soja para a geladeira e ir pensando nos temperinhos.

Eu gosto de fazê-la temperadinha com limão, azeite, sal, tomate, azeitona e salsinha. Com essa mistura, eu coloco no pão, na salada e também fica ÓTIMA como recheio de esfirra. Também fica super gostoso, misturar com o patê de soja. Enfim... o negócio é arriscar. Às vezes, a ricota fica mais firme, às vezes menos... mas é normal.

E, quanto aos recheios, cada um é que sabe melhor o gosto da família. Eu já comi na casa de uma amiga uma combinação que eu amei, que veio com ricota, cenoura ralada, azeitona, sal e orégano.

Aliás, isso me fez lembrar de uma tapioca que eu gosto D+, que vem com o seguinte recheio: ricota, cenoura ralada, tomate picado, azeite, sal e orégano. Deve ficar muito bom com a ricota de soja. E para melhorar ainda mais para o meu gosto, eu colocaria uns pedacinhos de azeitona verde picada, que eu AMO!

Então é isso! Um grande abraço e fiquem com Deus!

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Exame médico para exercícios

Verãozão se aproximando e é sempre as mesma coisa: as academias começam a lotar, a gente vê mais gente se exercitando nas ruas... Aliás, segundo a Associação Brasileira de Academias de Ginástica, as matriculas aumentam em até 30% nos meses da primavera e do verão.

Mas, porém, contudo, todavia, entretanto, no entanto... geralmente, quase ninguém se preocupa em fazer um check-up antes. E você deve estar se perguntando: e qual é o problema disso? Pois é... muita gente não sabe, mas, dependendo do seu estado de saúde atual, alguns tipos de atividade física podem fazer mais mal do que bem, colocando até sua vida em risco.

De acordo com o bioquímico responsável técnico do Laboratório de Análises Clínicas, Marcos Kozlowski, os exames traçam o perfil do metabolismo de cada indivíduo, mostrando os níveis de colesterol, glicose e pressão arterial. Essas informações são importantes para traçar o treino ideal para a pessoa.

 “O check-up é uma segurança para quem vai começar a praticar esportes. O ideal é consultar um clínico geral é ele quem irá prescrever a série de exames necessários para avaliar as condições de saúde”, afirma o especialista.

Para pessoas com mais de 30 anos são indispensáveis exames que detectem problemas como hipertensão arterial, doença coronária, asma e diabetes. Em alguns casos, é preciso também solicitar eletrocardiograma e o teste de esforço para avaliar a resposta do aparelho cardiorrespiratório ao esforço físico.

Segundo o profissional, esses exames médicos da academia podem denunciam problemas que limitem a capacidade do indivíduo de praticar atividades físicas, como doenças no coração, pulmões, aparelho locomotor e vasos sanguíneos.

(Com informações do Blog Bolsa de Mulher)