Pages

Subscribe Twitter

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Meu irmão desenhando

Não sei se vocês já pararam para pensar no trabalho que dá vetorizar um desenho, ou melhor, "passar para o computador". É engraçado que, muitas vezes, temos a impressão de que uma simples máquina é capaz de tudo. No caso do desenho, era só a gente escanear, dar alguns cliques e pronto! O nosso rascunho já estaria pronto para ser impresso.

Mas não é bem assim. Aliás, acho que esta parte do trabalho é a mais complicada. Principalmente se for meu irmão vetorizando, ilustrando e se preocupando com os mínimos detalhes.

Bom, nesse vídeo abaixo, vocês vão conferir todo esse processo e verão que o computador não faz nada sem a uma pecinha chave conduzindo a caneta mouse e, claro, ter feito o desenho a mão antes.

O clipe é bem curtinho e, no final, ficamos morrendo de vontade de comprar a tal camiseta. Mas, ela ainda não está disponível. Porém, se vocês se apaixonaram pelos traços do meu brother, além do site da Studio Kee, vocês também podem encontrar os seus trabalhos na Camiseteria ou na God Bless You. No Studio Kee, é tudo produção do Estúdio Panda Vermelho (mano e cunhada) e nos outros dois sites é só procurar por Luís Brüeh.

Espero que gostem. Um abraço!

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Paisagem na parede

Acabei de encontrar esta no arquivo do Jornal Hoje. A pintura na parede é tão real que chega a enganar até quem já sabe que é ilustração. Além de personalizar e dar vida à um espaço da Casa, a nova onda da decoração de interiores é fazer desenhos que criem ilusões capazes de ampliar o espaço e levar, por exemplo, o mar para quem mora no Centro-Oeste brasileiro, criando uma falsa impressão de que o ambiente é de verdade.

Além de paisagens ou móveis, é possível pensar em outros tipos de pintura personalizada como aquele estilo de adesivos estilizados ou recriar o cenário do desenho animado preferido do seu filho no quarto das crianças.

Pesquisando um pouquinho mais sobre o assunto, descobri que na Casa Cor do ano passado, um outro tipo de "ilusão" também deu o que falar! Ao invés de pintura, uma parede inteira foi substituída por plotagens de fotografia de uma floresta selvagem (criada por Leonardo Pascual). Enquanto em outro espaço, o arquiteto Chicô Gouveia usou o recurso de impressões sobre placas de madeira para trazer a ilusão de ter toda a sua biblioteca dentro do espaço que criou.

Para assistir ao vídeo, é só clicar no "play" abaixo:
(Vídeo disponível enquanto o servidor da Globo.com quiser ;)

domingo, 23 de janeiro de 2011

Fidelidade é igual a churrasco de chuchu

A manchete da Revista Alfa lhe chamou a atenção. Aliás, não tinha como ser diferente! Meu amado pensou de cara que seria mais um desses textos que esculacham a instituição do casamento e incentivam a traição (como fazem a maioria das revistas femininas que orientam as leitoras a nunca dar total segurança ao parceiro, numa espécie de Jogo da Conquista Eterno).

Porém, para surpresa dele, a colunista Joyce Moysés incentivou os homens (público da revista) a fazerem com que suas esposas fizessem parte do grupo das mulheres bem casadas.

Como?

Segue abaixo a receita:
Homem, "se você quer que a sua amada faça parte do grupo das mulheres bem casadas, e assim matar a torcida do seu time do coração e os engravatados com quem trabalha de invejinha e dor de cotovelo, saiba que uma das colas afetivas mais poderosas se chama ad-mi-ra-ção. Pondo a sugestão em águas cristalinas: seja um homem que alimenta admiração em sua mulher. Diariamente, sem folga nem nos feriados. Eu admiro o meu principalmente pela inteligência, por me escutar (e também me alertar quando banco a ingênua no dia a dia…), por trabalhar feito doido naquilo que adora e ainda assim cavar um(uns) tempinho(s) para nós. Sua mulher pode admirá-lo porque faz omeletes supercriativos, porque é um profissional prestigiado, porque é cheiroso e viajado, porque segura a onda dos filhos sem pôr toda a responsabilidade no colo dela…"

E o que tem a ver o churrasco de chuchu?

É o seguinte... apesar de viverem dizendo por aí que, "biologicamente falando, a monogamia contraria a natureza humana", é possível saborear um benfeito churrasco de chuchu, lambendo os dedos, repetir e viciar. "O bom é que faz bem ao coração e não engorda".

E o que tem a ver conosco, mulheres?

Bom... meu querido ficou tão empolgado em ler uma mensagem a favor do casamento em uma revista comercial que veio correndo me mostrar o artigo. Melhor do que isso, eu me identifiquei com o clube das bem casadas =)

Enfim... achei que seria legal postar o comentário aqui no Blog e indicar a leitura para os homens que, de vez em quando, acessam o nosso conteúdo (já que a linguagem é bem masculina) e para as amigas que estão sempre por aqui.

Talvez alguns achem que seria válido algum tipo de censura nos termos utilizados. Porém, irei disponibilizar o texto da revista, na íntegra, e cada um pode utilizá-lo da maneira que melhor lhe convir.

Pra terminar, mais um trecho do texto que tanto nos chamou a atenção. "Intimidade, cumplicidade, afeto trazem uma sensação de completude que não vale a pena dispensar"

Para ler o texto da Revista Alfa, na íntegra, clique aqui!

Abraço.

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Como armazenar frutas

Na hora de armazenar frutas e fazer com que elas durem mais sempre tem alguém que sabe de uma SUPER dica. Aliás, eu aprendi uma com a amiga da minha mãe que foi demais: separar as bananas do cacho =) É sério gente!

É só fazer como na foto acima. Você corta as bananas com tesoura ou faca. O importante é que seja com cuidado para não deixar a fruta exposta (tem que ficar aquele cabinho). Dessa forma simples, suas bananas vão durar mais tempo e o melhor: não vão atrair aqueles mosquitinhos chatos!

Além dessa dica, aprendi mais algumas no Jornal Hoje =)

Pra começar, uma que poupa trabalho na volta do supermercado: não é recomendado lavar as frutas antes de guardá-las na geladeira. Segundo a nutricionista Viviane Sakzenian, a gente acaba machucando a casca da fruta no processo ou até removendo a proteção natural que algumas frutas têm. Mas para quem é fanático por limpeza, "passar um paninho antes de guardar", PODE!

Já as hortaliças podem ser lavadas com uma solução de uma colher de água sanitária e um litro de água, mas é importante deixar escorrer toda água e secar as folhas antes de guardar (também dá pra contar com a centrífuga de folhas nessa hora ;). Para não queimar com o frio da geladeira, coloque numa vasilha tampada.

Mais uma coisa que eu não sabia: saquinhos não podem ser fechados. Isso porque as folhas continuam respirando e se a gente deixa num saquinho fechado, elas acabam deteriorando mais rápido, porque junta água dentro dele. Pelo que eu entendi da matéria, isso vale para frutas e legumes também.

Voltando às frutas... elas duram mais se ficarem na parte de baixo da geladeira, onde a temperatura é mais alta.

Pra concluir, aquele antigo alerta das nossas mamães: cuidado na hora de escolher as frutas! Se elas tiverem algum tipo de rachadura, fissura ou amassamento, irão se deteriorar mais rápido.

Para assistir o vídeo, é só clicar no play abaixo:

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Envelhecendo em 40 segundos

Recebi esse vídeo por e-mail e resolvi compartilhar com vocês. Segundo o comunicador que o dublou em português, Flavio Siqueira, as belas imagens foram originalmente criadas para uma empresa de telefonia chamada Trygdeetatens, com texto em hungaro, cheio de consoantes, alertando sobre o tempo que voa e a gente nem percebe.

O Flavio "abrasileirou" o texto, fez a dublagem e continua a passar uma mensagem sobre a brevidade da vida e, muito mais do que isso, sobre o que fazemos para que os anos vividos possam valer a pena.

Aliás, um dos pontos que ele sugere no texto é que, ao envelhecer, devemos deixar de nos preocupar com a nossa aparência e passar a nos preocuparmos mais com o que fazemos de bom, os sonhos que realizamos, os nossos principíos, a nossa essência... sem deixar que a vida simplesmente passe diante dos nossos olhos.

Vale a pena assistir! São apenas 40 segundos ;)

Aprenda a limpar o notebook

Dias atrás, vi esta dica no Jornal Hoje e achei interessante postar aqui. Afinal, sempre tive dúvidas sobre como limpar o notebook. (A dica vale também para limpeza de monitores LCD)

Segundo o técnico em informática Fábio Oliveira de Paula, a gente vai precisar dos seguintes materiais: pincel macio, pano macio e um limpa vidro (de preferência que seja anti-pó).

Agora vem o processo de limpeza que também é bem simples:

1. Tirar excesso de pó com o pano (passando suavemente);
2. Pode usar o pincel no teclado (passando suavemente tb);
3. Aplicar o limpa vidros diretamente no seu equipamento (desligado e fora da tomada);
4. Passar o pano até secar e sairem as marcas de dedo e gordura das mãos;
5. Para limpeza dos cantinhos, em outro site, achei a dica de utilizar cotonetes (mas sempre com suavidade, sem usar a força sobre a tela);
6. Para terminar, não feche seu notebook, sem antes se certificar que a tela está completamente seca, depois da limpeza;
7. O limpa vidros poderá ser utilizado na parte externa do notebook também.

Aproveitando a deixa, uma dica legal para proteger o teclado do notebook são aquelas películas de silicone. Por aqui, custa R$ 30,00, mas dura um tempão (dois anos) e além da poeira, protege o teclado até de acidentes com líquidos, por exemplo. Isso sem contar que evita o desgaste das teclas e não interferre na digitação e na estática do notebook.

Bom, para visualizar o vídeo do Jornal Hoje, é só clicar aqui ou assista abaixo. Lembrando que o servidor é da própria globo e pode sair do ar daqui a algum tempo ;)

Abraço.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Tiamu mãe!

Hoje, dia 17 de Janeiro, é aniversário da minha mãe.

Para aqueles que ainda não tiveram o prazer de conhecê-la, ela é esta garota de vermelho sorridente aí da foto (cercada pelos seus três bebês).

Com ela não tem tempo ruim. Se faz sol, é sempre um dia lindo! Se está nublado, não tem problema, porque ela ama tomar banho de chuva!

O calor é bom porque dá praia (aliás, essa mulher parece um peixe na água... passa três horas brincando lá dentro e nem vê o tempo passar).

O frio é bom porque é elegante. As pessoas se vestem bem e a escova no cabelo dura mais =)

Topa qualquer parada (desde uma caminhada para a praia da Lagoinha do Leste, em Floripa, rodízio de pizza, compras no shopping na véspera de Natal, até o preparo de uma comida trabalhosa). E nenhum imprevisto é capaz de tirar seu bom humor. No máximo, vai lhe arrancar mais umas boas risadas.

Adora cozinhar e faz TUDO muito bem! Pinta, borda, costura e ainda tem tempo de ser uma baita profissional.

Bacharel também em administração, sua paixão é a Educação Física, especialmente, o trabalho que desenvolve no Centro de Vida Saudável, do Hospital Adventista de Campo Grande.

Tem um coração ENORME e ama muito a Deus!

Ela é tão bem humorada que já acorda dando gargalhadas (mesmo às cinco da manhã).

Do tipo super mãe, só a vejo chorar por um motivo: saudade dos seus "bebês" que moram longe...

Queria MUITO poder estar perto dela para comemorar, mas 1.300 km nos "separam". Ou melhor, separam o abraço, mas os corações estão SEMPRE juntos! Porque...

... "Para estar junto, não é preciso estar perto. Mas sim, do lado de dentro!"

Tiamu mãe! Felicidades mil hoje e SEMPRE!

Eliminando mofo e bolor

Oi gente!

Confesso que levei um susto apenas um mês depois que organizei minha casa aqui em Floripa. Fui usar uma sandália e ela estava completamente "mofada". Pra piorar, fui conferir melhor outros cantos do armário e descobri outros sapatos, bolsas e casacos de couro completamente esverdeados.

E sabem, essa coisa de mofo e bolor em roupas e acessórios era completamente nova pra mim. Isso porque na minha cidade natal (Campo Grande/MS) a umidade do ar é tão baixa que não existe a mínima possibilidade de acontecer qualquer fato desse tipo.

Por exemplo, apesar dos órgãos de saúde considerarem que o ideal é que a umidade relativa do ar esteja sempre acima de 60%, nas épocas de seca (inverno), facilmente, este índice ocila entre 20 e 12%, quando não cai para baixo de 10%. Não sei qual é a média anual por lá. Porém, nunca tinha tido problema com mofo ou bolor e outra ENORME vantagem é que as roupas secam em apenas 30 minutos no varal. Dá pra lavar e passar toda a roupa da semana em apenas um dia!

Bom... voltando ao assunto... só sei que, pela primeira vez na vida, tive que sair correndo atrás de produtos anti-mofo. Mas como os específicos são meio carinhos, resolvi apelar para as dicas "caseiras" que, além de serem mais baratas, têm dado super certo =) Fiz uma reunião das melhores e vou compartilhar abaixo com vocês ;)

Tirando mofo de bolsas e casacos de couro:
Você vai precisar de vinagre de álcool branco e um pedaço de pano. Basta umidecer o pano e aplicá-lo diretamente no bolor ou mofo, limpando qualquer tipo de bolsa ou casaco de couro. Segundo uma matéria que assisti no Jornal Hoje, além de não estragar o couro, ainda o hidrata.

Tirando mofo de tecidos:
Talvez tenha acontecido de mofar uma camiseta ou camisa. Para elas, a dica e aplicar álcool líquido diretamente sobre a mancha e ir esfregando com as mãos até sair.

Tirando mofo das paredes:
Esta dica também achei bem legal! Basta fazer uma solução de vinagre de álcool branco com bicarbonato de sódio (uma xícara de vinagre e uma colher de bicarbonato). Pra facilitar o processo, é bom colocar a mistura dentro de um borrifador e aplicá-lo diretamente no mofo da parede. Depois de uns dez minutos, é só passar um pano seco e pronto! Adeus mofo na parede!

E como diz o velho ditado, é sempre melhor prevenir do que remediar. Por isso, lá vão dicas para evitar o mofo:

Segundo a dica de um especialista publicada na Revista Casa e Jardim (de outubro de 2010), a medida principal é manter o local seco e ventilado. Segundo Benedito Correa, professor do Departamento de Microbiologia da USP, é importante abrir as janelas, deixar as portas dos armários abertas para que o ar circule, pois é ele a pricipal via de dispersão do fungo.

Já a arquiteta Telma Araújo aconselha o uso de portas com ventilação permanente, tipo veneziana ou com pequenos frisos, e dá a dica: "Sachês com giz escolar podem ser pendurados entre as roupas para ajudar a absorver a umidade". Tem gente que faz trouxinhas de TNT, fechadas com fita de tecido, embalando pedaços de giz escolar, e pendura nos cabides e coloca em todas as gavetas, nas caixas de sapatos e dentro de cada bolsa. Depois, de tempos em tempos, é só secar o giz no microondas por três minutos, a cada mês ou dois (depende da umidade).

Grande abraço!

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Jornal publica edição só com notícias boas

Oi gente!

Depois da correria de final de ano, muito trabalho e viagens... aqui estou eu mais uma vez!

Começo o ano com uma notícia da semana passada, mas que vale uma reflexão.

O principal jornal da Croácia, “24 Sata”, teve a iniciativa de publicar uma edição do periódico apenas com notícias boas, eliminando crimes e política.

A edição especial publicada na última quinta-feira do ano passado (30/12) trazia histórias positivas, como o resgate de um cachorro, um empresário que conseguiu se recuperar da crise e um cabeleireiro que corta o cabelo de órfãos gratuitamente.

Segundo Alen Galovic, diretor-executivo do jornal, 2010 teve muitas notícias ruins e a edição daquele dia buscava "trazer um pouco de esperança para 2011".

Achei bem interessante esta iniciativa. Principalmente porque temos observado a maioria dos veículos de comunicação indo bem no sentido contrário. Isso porque, infelizmente, notícia ruim vende muito mais do que notícia boa.

Parece que o ser humano tem enxergado a tragédia da vida alheia como mais uma fonte de entretenimento. É só ver um acidente na estrada, que o sujeito já estica o pescoço. Sangue e violência na primeira página do jornal não causa mais a repulsa de antigamente e tem gente que vai para a banca querendo ver "o morto do dia", sem ao menos pensar no sofrimento que a família daquela pessoa está vivendo.

É lógico que não podemos estar alheios a dura realidade que nos rodeia, mas podemos valorizar mais as boas notícias e repugnar aqueles veículos que exploram as tragédias da vida apenas para ganhar alguns pontinhos a mais no IBOPE.

E se você ainda quiser fazer mais... que tal protagonizar algumas boas notícias neste ano que acaba de começar? Projetos sociais e de cunho ambiental rendem facilmente uma boa pauta para a imprensa, inspiram outros a imitarem este tipo de ação e ainda fazem um bem danado para quem toma a iniciativa.

Agora, se você anda sem tempo para desenvolver qualquer coisa desse tipo, segue uma dica que não toma tempo e também faz bem: seja um divulgador de boas notícias!

Parece simples, mas infelizmente difícil de encontrar. É sério! Pensando rapinho, você deve se lembrar de alguém que "adora" ver o lado negativo da vida. Tipo assim... você diz: - Nossa que dia lindo! Q céu azul! Q mar verdinho! E a outra pessoa diz: - É... mas vai chover! (rs)

Se vc riu ao ler este post... é porque lembrou de alguém assim...

Mas ainda tem aquele que só sabe reclamar da vida, que só fala de assuntos sinistros... enfim... não vamos ser este tipo de gente. Vamos valorizar tudo o recebemos do nosso Pai Celeste e contribuir para que mais pessoas vejam as Suas maravilhas. Não custa nada e torna a nossa vida muito mais leve!

Um grande abraço e um feliz 2011!