Pages

Subscribe Twitter

terça-feira, 22 de março de 2011

Garis encontram filhotes no lixo

Essa notícia saiu na semana passada no Jornal Hora de SC. Mas só hoje consegui acessar o Blog para contar pra vocês.

Dois garis, José Carlos Silva e Renaldo Calciator, encontraram cinco filhotes de cão dentro de uma mala jogada no lixo, momentos antes de ligarem o triturador do caminhão.

Muito desidratados, os filhotes, com cerca de 60 dias de vida, foram encaminhados para a Diretoria do Bem Estar Animal. Sob os cuidados dos tratadores, receberam água, ração e vacinas. Um deles, porém, morreu poucas horas depois de chegar. Os quatro sobreviventes permaneceram no Centro de Zoonoses, no Itacorubi, até que alguém os adote.

Segundo a responsável pela Diretoria do Bem Estar Animal, Maria da Graça Dutra, se não tivessem sido encontrados, os cãezinhos certamente morreriam de sede ou triturados pelo caminhão de lixo.

Caso seja identificado, o autor do abandono pode ser preso por maus tratos aos animais e ficar preso entre três meses e um ano.

Fiquei bem impressionada com esta matéria. Como pode um ser humano jogar cinco filhotinhos de cão pra morrer? O mesmo ser humano que é capaz até de jogar seu próprio bebezinho por cima do muro, na privada e também no lixo.

Triste e cruel realidade que não pode ser aceita de maneira alguma.

Aparentemente pode parecer uma questão óbvia. Porém, às vezes, só porque existem pessoas bem mais malvadas e cruéis, temos a tendência de relevar "pequenos" atos de crueldade como esse da notícia e deixar passar despercebido.

Mas precisamos estar atentos a qualquer tipo de crueldade e nos posicionarmos ao lado oposto dele. Porém, não só condenar quem faz, como também ajudar a educar as futuras gerações.

É provável que a pessoa que jogou os filhotes no lixo não tivesse condições de criar aqueles cinco animais. No entanto, simplesmente, jogá-los no lixo para morrerem não é a atitude correta.

Em primeiro lugar, todos aqueles que possuem um animal de estimação tem que estar cientes de que a reprodução faz parte do ciclo da vida de todas as criaturas divinamente criadas. Logo, se não tinha condições de criar filhotes, deveria ter planejado castrar seu animal há muito tempo.

É fato que o custo do procedimento em clínicas veterinárias particulares pode assustar um pouco. Mas existem diversos lugares - como Centros de Controle de Zoonozes de diversos municípios, ONGs e Hospitais Veterinários de Universidades - que costumam oferecer o serviço gratuitamente, cabendo ao dono apenas a boa vontade de encontrar um tempo para correr atrás.

Além disso, em último caso, também existe a opção de correr atrás de criadores adotivos para os bichinhos. Tem tanta criança querendo um animalzinho de estimação. E para isso também existem ONGs, feiras e até Clínicas Veterinárias que emprestam um espaço para "vitrines" de animais para serem doados.

Jogar filhotes no lixo JAMAIS poderá ser considerada uma atitude aceitável.

Passe essa ideia adiante e, quem sabe, muita gente passe a ser mais gentil com os animais e também com seus semelhantes.

0 comentários:

Postar um comentário