Pages

Subscribe Twitter

sábado, 18 de dezembro de 2010

Presentes de Natal

Há algumas semanas atrás, ouvi um comentário interessante no programa do polêmico Luiz Carlos Prates. Ele falava sobre uma reportagem, onde alguém dizia que iria poupar 30% do décimo terceiro salário e gastar o restante com presentes para a família e amigos.

Na opinião de Prates, a atitude correta seria que as pessoas poupassem, pelo menos, 70% do décimo terceiro salário e gastassem o mínimo com presentes (menos até do que 30%). Isso porque, geralmente, as pessoas são tão provocadas a comprar nessa época do ano, que acabam assumindo prestações para vários meses do ano vindouro, atrapalhando as finanças dos meses que estão por vir e formando aquela bola de neve que tem atropelado muita gente.

Sinceramente, senti que aquelas palavras foram direcionadas a mim. Afinal, AMO presentear e a minha família é ENORME. Porém, é verdade que, se formos presentear todos aqueles que amamos da maneira que achamos que eles merecem, vai faltar dinheiro para pagar as contas. Lembrando que, em Janeiro, já vem IPTU, IPVA e o meu carro ainda tem placa final 1. Sem contar aqueles que têm filhos e precisam investir na compra de livros, materiais escolares e uniformes.

Enfim, fui convencida a maneirar nos gastos com os presentes. Foi difícil, mas um exercício interessante. E tenho certeza de que os meus queridos se sentirão amados da mesma maneira.

Com exceção dos meus pais e meu maridão. Estipulei uma cota de R$ 10,00 para cada presente. No início, pensei que seria impossível comprar coisas legais. Mas, finalmente, percebi que o que mais importa não é o presente em si, mas sim o carinho que vai junto.

Seguem abaixo algumas dicas que se encaixaram na minha cota estabelecida e, quem sabe, pode ajudar alguém:

- Barra de chocolate de luxo da Nugali (R$ 8,90)
- Lata decorada com bombons Sonho de Valsa (R$ 10,90)
- Lata decorada com biscoitos natalinos (R$ 8,90)
- Suporte portátil para pendurar bolsas (R$ 9,90)
- Kit Sabonetes Especiais de diversas marcas (R$ 10,00)
- Porta retrato (R$ 10,00)
- Colônia Musk da Avon (R$ 7,99)
- Sabonete líquido ou creme hidratante (R$ 10,00)
- Lanterna chaveiro de personagens (R$ 9,90)
- Jogo de cartas Uno (R$ 9,90)
- Blusinhas regatas femininas - diversas cores (R$10,00)
- Cartões personalizados, chaveiros e pequenos bichinhos de pelúcia também se encaixam nesse valor.

Enfim, com um pouquinho de paciência, é possível encontrar muita coisa boa a preços mais acessíveis. Embora R$ 10,00 pareça ser muito pouco, dependendo do número de presentes que precisamos comprar, vai se tornar, no mínimo, um valor razoável. E como eu disse no início do texto, o que mais vale não é o presente em si, mas o valor agregado de amor e carinho que vai junto com a ação de doar.

Se sobrar algum dinheiro, uma boa pedida é ajudar alguém menos favorecido. Afinal, perto de nós, há muita gente que não tem o que comer ou vestir nesse Natal.

Neste ano, tive a oportunidade de ser "madrinha" de uma garota muito querida que mora em uma comunidade extremamente carente aqui da Grande Florianópolis. Foi uma experiência incrível que quero que vá além deste Natal. Abaixo, você pode assistir a uma reportagem feita pelo meu Daniel sobre esse projeto:


Finalmente, que você e eu não nos esqueçamos do verdadeiro motivo do Natal: o nascimento de nosso Senhor Jesus Cristo! O Deus que se fez homem, morreu pelos nossos pecados e, hoje, nos oferece a oportunidade de vida eterna, basta aceitarmos a Sua Salvação.

Feliz Natal!

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Por que Jesus é Melhor que o Papai Noel

É claro que não existe realmente comparação, mas achei interessante provocar a reflexão. Embora o verdadeiro motivo do Natal seja comemorar o nascimento de Jesus Cristo, muitos acabam se esquecendo do personagem principal da festa, que não é Papai Noel...

Papai Noel vive no Polo Norte...
Jesus Cristo está em toda parte.

Papai Noel se locomove dirigindo um trenó...
Jesus Cristo comanda os ventos e caminha sobre as águas.

Papai Noel só aparece uma vez por ano...
Jesus Cristo está sempre presente para ajudar.

Papai Noel enche de balas as meias dos meninos...
Jesus Cristo supre todas as necessidades.

Papai Noel desce pela chaminé sem ser convidado...
Jesus Cristo está a porta do nosso coração e bate, até que O convidemos a entrar.

Você precisa esperar na fila para falar com o Papai Noel...
Jesus Cristo aguarda apenas a menção do Seu nome para se aproximar de nós.

Papai Noel não sabe o nosso nome e tudo que sabe é dizer: "Oi, menininho bonitinho! Como é seu nome?"...
Jesus Cristo conhece nosso nome antes que nasçamos. Mais que isso: sabe nosso nome, nosso endereço, nosso passado, nosso futuro, sabe até quantos fios de cabelo temos!

Papai Noel tem uma barrigona que parece uma bola cheia de gelatina...
Jesus Cristo tem um coração cheio de amor.

Tudo que Papai Noel tem a dizer é "rô-rô-rôu"...
Jesus Cristo nos oferece descanso, perdão, poder, saúde, esperança e paz.

Papai Noel diz "não chore se não você não ganha presente"...
Jesus Cristo diz "entregue-me todos os seus problemas e deixe que cuido deles pra você".

Papai Noel precisa de duendes para ajudá-lo a fabricar brinquedos...
Jesus Cristo constrói novas vidas, restaura corações quebrantados, reconstitui lares e prepara lindas mansões para todos nós.

Papai Noel pode fazer você sorrir...
Jesus Cristo lhe dá felicidade perene.

Enquanto Papai Noel coloca os presentes debaixo da árvore...
Jesus Cristo se faz nosso presente e morre numa cruz de madeira.

É óbvio que não existe realmente comparação.
Por isso, no Natal, não podemos esquecer do personagem principal, que não é Papai Noel...
O Natal é uma festa para lembrar o nascimento de Jesus Cristo.
É a chegada dEle que nos deve alegrar!

Sim, o Natal é também uma festa para lembrar o segundo advento de Jesus Cristo.
Papai Noel vem de trenó puxado por suas renas...
Jesus Cristo vem sobre as nuvens, com seus milhares de anjos e todo olho O verá.

(Autor desconhecido. Adaptado por Robson Ramos)

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Gaither no Brasil - É verdade!

Oi gente!

Estou numa correria tremenda... tentando deixar tudo em dia para poder viajar tranquila para minha terrinha... mas, não podia deixar de compartilhar com você uma alegria imensa que é ter a confirmação da Turnê do Gaither Vocal Band no Brasil e o mais emocionante pra mim: minha cidade natal fazendo a estreia =)

Já faz tempo que estou ouvindo falar da turnê inédita na América do Sul, mas pela primeira vez encontro informações completas sobre locais, datas, contatos para informações, compras de ingressos e até valores.

Depois do ACapella, o GVB é a minha maior referência da música cristã internacional. Vai ser a realização (quase completa) de um sonho assistí-los em meu país. Só não vai ser completa porque o Guy Penrod saiu do grupo para investir na carreira solo :( Porém, apesar desta ausência, estarão presentes: Bill Gaither, Mark Lowry, Michael English, Wes Hampton e David Phelps.

No site Gaither no Brasil, eles ficaram de colocar mais informações sobre o evento. Mas, por enquanto, as informações que interessam são estas abaixo:

Campo Grande / MS
Quarta-feira, 30 de março, às 19h - Local: Ondara Palace
Endereço: R. Rio Turvo, S/N, Pq. dos Poderes - Ingressos: R$ a confirmar
Público: 2.500 pessoas
Contato: flaviocesar70070@hotmail.com, campogrande@gaithernobrasil.com.br
(67) 9289-1721

Cachoeira / BA
Quinta-feira, 31 de março, às 20h
Campo de futebol do IAENE (Faculdades Adventistas da Bahia), Br 101 Km 197 Cachoeira
Ingressos: R$ 40,00, R$80,00 e R$120,00
Público: 5 mil pessoas
Contato: danielcruzes@hotmail.com, iaene@gaithernobrasil.com.br
(75) 3425-8000

São Paulo / SP
Sábado, 2 de abril, às 19h30
Auditório Brás, Rua Celso Garcia, 560, Brás
Ingressos: R$ 70,00 / 90,00 / 120,00 / 140,00
Público: 3.500 mil pessoas
Contato: sinval.aragao@hotmail.com, saopaulo@gaithernobrasil.com.br
(11) 9993-2729

Maringá / PR
Domingo, 3 de abril, às 19h
Campo de futebol do IAP (Instituto Adventista do Paraná), Gleba Paiçandu, Lote 80, Zona Rural
Ingressos: R$ 40,00 e R$120,00
Público: 5 mil pessoas
Contato: alex.landim@iap.org.br, iap@gaithernobrasil.com.br
(44) 3236-8000

Pra quem não está entendendo do que eu estou falando, seguem algumas informações sobre o grupo:
O Gaither Vocal Band (GVB) é um ministério musical norte americano que já ganhou prêmios conceituados em todo o mundo. Entre eles, dois Grammys e 13 troféus da Gospel Music Association. Dirigido por Bill Gaither, considerado o pai de grandes nomes da música gospel, como Steve Green, Amy Grant e Sandy Patty, o GVB lançou clássicos que foram regravados por artistas consagrados como Elvis Presley. São ainda de autoria de Bill Gaither alguns dos mais conhecidos hinos dos principais hinários cristãos: Because He Lives (Porque Ele vive), The King Is Coming (O Rei vem vindo), He Touched Me (Tocou-me).

Desde a década de 1950, o GVB – então, The Bill Gaither Trio – tem revolucionado o cenário da música cristã mundial. Ao mesclar clássicos do Southern Gospel, Country e Inspirational, o grupo criou um estilo único, com admiradores em todas as denominações. Em 2004, a revista Rolling Stone nomeou Bill Gaither como um dos 50 músicos mais influentes do mundo. Nesse ano a turnê Homecoming Friends do GVB, que já passou por mais de 100 países, vendeu mais bilhetes do que os shows de Elton John.

Em 2011 o GVB vem pela primeira vez ao Brasil. Os concertos serão realizados em Mato Grosso do Sul, Bahia, São Paulo e Paraná. A turnê Brasil 2011 do GVB contará com a presença da formação atual: Bill Gaither, Mark Lowry, Michael English, Wes Hampton e David Phelps. O repertório das apresentações vai contar com clássicos dos 30 anos de carreira do grupo.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Fidelidade é igual a churrasco de chuchu - Artigo Original

Leia o meu comentário sobre o texto abaixo clicando aqui.

Fidelidade é igual churrasco de chuchu

A monogamia contraria a natureza humana, biologicamente falando, e não tem a mesma graça que a diversidade no plano horizontal é capaz de oferecer

Joyce Moysés *

Entre os milhares de textos que eu já escrevi, editei, aprovei, um me surpreendeu. Era sobre uma daquelas pesquisas de comportamento que só os americanos esmiúçam bem. Segundo os resultados, um dos quatro tipos de mulher que mais atraem os homens é a… bem casada. E hoje sou uma delas. Não, não tenho a intenção aqui de despertar nos leitores de ALFA novas paixões, casos extracurriculares, rolinhos platônicos. Nem testar meu poder de sedução para fazer ciúme no meu maridão. Se bem que as revistas femininas, mês sim, mês também, orientam as leitoras a nunca dar total segurança, deixando o parceiro um tantinho desconfiado de que a mulher amada poderá um dia chutar a porta e partir sem pré-aviso, como certas heroínas da literatura e do cinema. Jogo da conquista eterno, meu caro.

Como eu disse, estou bem casada. Bem na fita. Bem consciente de que escolhi esse homem; e é com ele que eu quero estar, brindar, batalhar, ganhar dinheiro, viajar, construir castelos, fazer amor e sexo pra valer. Não é com o personal trainer, com o vizinho que cozinha tão bem a ponto de espalhar aroma de alecrim no corredor ou com o irmão mais novo da amiga cheio de testosterona para trocar.

Para mim, é inesquecível a definição que minha fonte de reportagens preferida sobre relacionamentos, o médico psiquiatra Paulo Gaudencio, dá para a fidelidade: “É como churrasco de chuchu”. Ele tem razão: a monogamia contraria a natureza humana, biologicamente falando, e não tem a mesma graça que a diversidade no plano horizontal é capaz de oferecer. Homens e mulheres que não sentem desejo erótico pela novidade já morreram e não sabem ainda. É ela que move o tesão.

Porém… a gente é fiel quando há (ótimas) compensações. Intimidade, cumplicidade, afeto trazem uma sensação de completude que não vale a pena dispensar — ao menos na opinião de uma bem casada, que prefere investir para dentro da relação a “lavar roupa para fora”, o que desperta nos homens o lado carente sob os pensamentos de “que sorte tem o homem dela, queria ser eu”.

A propósito, se você quer que a sua amada faça parte do grupo das mulheres bem casadas, e assim matar a torcida do seu time do coração e os engravatados com quem trabalha de invejinha e dor de cotovelo, saiba que uma das colas afetivas mais poderosas se chama ad-mi-ra-ção. Pondo a sugestão em águas cristalinas: seja um homem que alimenta admiração em sua mulher. Diariamente, sem folga nem nos feriados. Eu admiro o meu principalmente pela inteligência, por me escutar (e também me alertar quando banco a ingênua no dia a dia…), por trabalhar feito doido naquilo que adora e ainda assim cavar um(uns) tempinho(s) para nós. Sua mulher pode admirá-lo porque faz omeletes supercriativos, porque realiza bem cinco posições do Kama Sutra pelo menos (não tem desculpa, existem 529!), porque é um profissional prestigiado, porque é cheiroso e viajado, porque segura a onda dos filhos sem pôr toda a responsabilidade no colo dela…

Escolha seu cardápio de motivos para despertar admiração e ela vai saborear um benfeito churrasco de chuchu lambendo os finos dedos. Repetir, agradecida. Ficar viciada em você. O bom é que faz bem ao coração e não engorda.

(*) Joyce Moysés é redatora-chefe da revista NOVA: jmoyses@abril.com.br

Revista Alfa - Edição nº 4 - Dezembro de 2010

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Maçãs geneticamente modificadas

Maçã marrom logo depois de cortada vai virar coisa do passado. Pelo menos é o que garantem alguns cientistas do Canadá, que resolveram prolongar a beleza da fruta .

Os caras desenvolveram, em laboratório, maçãs que possuem genes inibidores da produção das enzimas que causam o escurecimento da fruta. Assim, não vai mais existir aquele processo de reação com o oxigênio que, ao produzir o tom escuro, dá a impressão que a fruta já não serve para o consumo.

Embora seja apenas uma questão estética, especialistas da Okanagan Specialty Fruits, uma empresa de biotecnologia do Canadá, investiram muito fosfato e recursos, para chegar ao resultado que recebeu o nome de “Arctic”.

“ Elas parecem maçãs, crescem como maçãs, podem ser vendidas como maçãs mas, quando você cortar, ela não ficará escura”, explica o presidente da companhia, Neal Carter.

Segundo o dirigente, as frutas geneticamente modificadas beneficiarão produtores e consumidores, impulsionando as vendas de maçãs.

A empresa já pediu às autoridades dos Estados Unidos o aval para colocar nas prateleiras dos supermercados do país a nova maçã, que pode ser calmamente degustada. Se alguém tiver a oportunidade de experimentar, conta pra gente como é o sabor ;)

Abraço!

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Arqueologia Bíblica no Programa do Jô

Na última segunda-feira, 29/11, o Doutor Rodrigo Silva (expert em Arqueologia Bíblica) foi entrevistado pelo jornalista Jô Soares, falando sobre Arqueologia nos tempos bíblicos.

A conversa foi tão interessante que rendeu dois blocos no Programa do Jô, com duração de 35 minutos.

O Dr. Rodrigo explicou sobre as peças do museu de arqueologia do Unasp-EC e compartilhou diversas curiosidades.

Um ponto bem interessante da entrevista foi quando ele falou sobre ressurreição de Jesus como um fato histórico, citando o relato dos apóstolos e do historiador judeu Flávio Josefo (começa no final da parte 2 da entrevista e vai até a terceira).

Vale a pena conferir!

Entrevista - Parte 1:
Entrevista - Parte 2:
Entrevista - Parte 3: