Pages

Subscribe Twitter

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Maçãs geneticamente modificadas

Maçã marrom logo depois de cortada vai virar coisa do passado. Pelo menos é o que garantem alguns cientistas do Canadá, que resolveram prolongar a beleza da fruta .

Os caras desenvolveram, em laboratório, maçãs que possuem genes inibidores da produção das enzimas que causam o escurecimento da fruta. Assim, não vai mais existir aquele processo de reação com o oxigênio que, ao produzir o tom escuro, dá a impressão que a fruta já não serve para o consumo.

Embora seja apenas uma questão estética, especialistas da Okanagan Specialty Fruits, uma empresa de biotecnologia do Canadá, investiram muito fosfato e recursos, para chegar ao resultado que recebeu o nome de “Arctic”.

“ Elas parecem maçãs, crescem como maçãs, podem ser vendidas como maçãs mas, quando você cortar, ela não ficará escura”, explica o presidente da companhia, Neal Carter.

Segundo o dirigente, as frutas geneticamente modificadas beneficiarão produtores e consumidores, impulsionando as vendas de maçãs.

A empresa já pediu às autoridades dos Estados Unidos o aval para colocar nas prateleiras dos supermercados do país a nova maçã, que pode ser calmamente degustada. Se alguém tiver a oportunidade de experimentar, conta pra gente como é o sabor ;)

Abraço!

0 comentários:

Postar um comentário